Av. Brás de Pina, 2780 A Vista Alegre - RJ
21 3351-4416 / 3459-5783 / 2481-1636 homeopatia@solardaservas.com.br
19 anos levando saúde até você!

Rio 2016: 5 dicas de como preservar a voz na hora de torcer pelo Brasil

A saúde passa também pelos cuidados com a voz e você vai entender o porquê.

Já está com os ingressos na mão para ver de pertinho as competições na Olimpíada Rio 2016? Antes de se empolgar nas arquibancadas ou mesmo em casa, lembre-se que a saúde vocal também é muito importante.

O hábito de cuidar do aparelho fonador evita alterações que podem provocar doenças mais graves no futuro. Leia as dicas que o EGO preparou e se prepare para curtir os Jogos de modo saudável!

Segundo a fonoaudióloga Gisele Stumpf, o excesso de empolgação pode ser um vilão nas arquibancadas. “Quando as pessoas vão ao estádio, não se preocupam muito com a fadiga vocal, rouquidão e ardência no dia seguinte. É preciso mais consciência e não fazer o abuso vocal, como é chamado formalmente. Não ir ao limite da força da voz”, contou ela. “É chato recomendar não gritar, você quer curtir o momento, mas quanto a gente grita forte, faz impacto dos dois músculos vocais, que são agredidos”.

Mas então o que pode se feito para evitar a fadiga? Veja as dicas da fonoaudióloga:

1 – Usar menos a garganta e mais o diafragma

“As pessoas gritam apertando muito a garganta e a musculatura do pescoço. Elas podem tentar usar mais o diafragma na emissão do som (músculo responsável pela respiração). Evita machucar a laringe.”

2 – Consumo adequado de bebidas
“A bebida alcoólica faz com que a gente fique mais alegre e não perceba o abuso que está sendo feito. Álcool favorece o ressecamento da mucosa das cordas vocais, então é importante se hidratar o tempo todo durante a chamada competição sonora (entre o ambiente e você.”

3 – Pastilha, spray e bala podem causar irritação no dia seguinte
“Esses produtos para garganta anestesiam o local, dando uma falsa sensação de melhora. Evite a auto medicação”.

4 – Em caso de perda da voz, repouso vocal é essencial
“Descanso físico, repouso vocal e falar o mínimo possível são importantes. Em vez de forçar o volume da voz, é interessante articular bem a pronúncia para melhorar o entendimento quando estiver afônico.”

5 – Se persistirem os sintomas, procure um médico
“Procure o otorrino imediatamente se qualquer alteração na voz persistir acima de 15 dias. Machucados no músculo vocal podem evoluir para algo mais grave como um pólipo, se fazendo necessária cirurgia pra remoção.”

Viu como é importante cuidar da voz? Agora é só torcer com alegria e responsabilidade!

Fonte: Globo.com

Nenhum comentário.

Deixe um comentário